Decepcionado com o Rio Roberto Medina anuncia: “Meu Último Rock In Rio”

“Meu último Rock In Rio”…E essa foi a frase mais forte lida no comunicado de Roberto Medina, postado pelo jornal O Globo nessa madrugada, dia 4, de julho de 2017.

O empresário demonstra em seu comunicado, o quanto está chateado com o rumo desastroso que a cidade maravilhosa vem tomando. O Rio de Janeiro vem passando por sérios problemas de violência e está deixando toda população em “alerta perigo”. Aliás, não só o Rio, né? O Brasil…mas enfim, leiam o comunicado do Medina:

“Meu último Rock in Rio”
ROBERTO MEDINA

“Quando penso em sair da minha cidade, do meu país, eu me sinto um cidadão de segunda. Aqui dei vida aos meus sonhos, consegui povoar ao longo de 32 anos e 10 milhões de pessoas a nossa cidade do rock de êxtase, de sorrisos e, sobretudo, de exemplos de que sonhar vale a pena.

Levei nossa bandeira e crença à Europa e América e construímos a maior marca do mundo em entretenimento. Orgulho-me disso, mas percebo que nós, brasileiros, temos ainda muito a aprender. Nosso país e, principalmente, a cidade do Rio de Janeiro precisam usar a vergonha que sentem para exigir a qualidade de vida perdida pelos caminhos da corrupção, do anestesiamento da cidadania, da falta de mobilização e de coragem cívica para defender princípios. Nos países onde vivi, nas crises econômicas, as pessoas deixam de ir ao cinema ou almoçar fora, aqui as pessoas morrem nas filas dos hospitais. Neste Rio, que eu amo e me faz sonhar, que eu gostaria de ver minha filha pequena viver, a esperança está sendo abatida a bala!

Onde está a segurança prometida para que sejamos a capital latino-americana do turismo? Estamos prontos para transformar a realidade, não podemos ficar paralisados pela burocracia de um Estado velho, sem entusiasmo. Tenhamos brio e determinação para impulsionar a cidade maravilhosa e permitir que ela própria, reaja em nosso nome, retomando o inadiável rumo do desenvolvimento econômico com equilíbrio social e condições civilizadas de vida.

A Prefeitura, o Governo do Estado, a mídia — que precisa abrir espaço para temas mais positivos que acontecem por aqui — e, principalmente, o Governo Federal têm a obrigação, junto com os cariocas, de dar uma resposta urgente e competente a este caos. Ao mesmo tempo, a participação dos empreendedores será fundamental.
Ou fazemos isso enquanto podemos ou as ruas vão impor alternativas incontroláveis muito em breve.

Não sou político, nunca serei, sou apenas um cidadão envergonhado de viver aqui. Essa angústia me leva a uma proposta: o Rio pode e deve lançar uma grande campanha para mostrar a importância do turismo como gerador de renda e empregos imediatos. Um estudo da FGV mostra que se aumentarmos o número de turistas em apenas 20% teremos acréscimo de mais de 6 bilhões de dólares no primeiro ano e criaremos 70 mil novos postos de trabalho. Aumentar 20% é tarefa pequena já que nossa base de visitação é ridícula. Os hotéis têm preços baixos e a cidade está repleta de infraestrutura. Falta criar e anunciar para todo o mundo um poderoso calendário de atrações e um competente programa de segurança pública, especialmente preventivo.

Precisamos de ações concretas de alto impacto para mostrar como será bom vir para cá. Hoje, temos praticamente três grandes eventos: Carnaval. Réveillon e Rock in Rio. No momento mais agudo da crise, o Rock in Rio 2017 vendeu todos os seus ingressos e será o maior de todos os tempos. Sempre que o Rio é desafiado responde conforme prometido.

Acordar, reagir, acreditar. Rio, o lugar é este, o momento é já. Um planeta estressado precisa de menos tragédias, de mais paz, de mais festa. E ninguém no mundo sabe fazer festa como nós” .

Via O Globo Online.

Triste realidade!

Esperamos que não aconteça, pois o Rock In Rio é um dos maiores eventos do mundo e consegue trazer um pouco de alegria aos brasileiros.

Força Medina!

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Direitos Autorais

Algumas imagens e vídeos aqui presentes são reproduções de materiais já existentes na rede e o Portal Fama não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que especificado. Caso você ou sua empresa possuam os direitos sobre alguns desses conteúdos aqui publicados e não querem que eles apareçam em nosso site, por favor, entre em contato e ele será prontamente removido.

Redes Sociais

Desenvolvido por: Marcos Design Web.

© 2016 - Portal Fama - Todos os Direitos Reservados.